Mulheres na fronteira: a migração de bolivianas para Corumbá-MS

Roberta Guimarães Peres

Resumo


Este trabalho tem como principal objetivo o estudo da migração feminina boliviana para Corumbá – MS, através de seus condicionantes – tanto na origem quanto no destino – e dos impactos e especificidades observados neste fenômeno, além do uso estratégico de recursos dos dois lados da fronteira. Ao longo dos processos migratórios, homens e mulheres reconstroem, negociam ou reafirmam relações de poder, hierarquia e a própria identidade: é através desses processos que as mulheres se afirmam como agentes de equidade em fenômenos migratórios.

Palavras-chave: Migração internacional; gênero; migração.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22228/rt-f.v8i2.462

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Revista T&F está indexada nos seguintes serviços: Portal de Periódico da CAPES, EBSCO, BASE, Sumário de Revistas Brasileiras; Latindex, LivRe!, Google Acadêmico, Dialnet, DOAJ.

Periódico avaliado como B1 no WebQualis 2015 da CAPES na área de História; B2 nas áreas de Letras/Linguística, Ciências Sociais Aplicadas e Ciências Ambientais.

ISSN 1984-9036

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.